LOVE (yourself)

Você é do time que shippa o casal Gus e Mickey, ou torce contra?

MICEY_GUS

“If you can’t love yourself. How in the hell you gonna love somebody else?” já dizia RuPaul. Se Mickey entendesse (e colocasse em prática) talvez não tivéssemos esperanças para a 3ª temporada da série LOVE, da Netflix.

Na primeira temporada somos apresentados à dois mundos distintos que colidem. Mickey é a mulher descolada, sem regras estabelecidas, que curte a vida independente da idade. Gus é o garoto nerd certinho que nunca fez sucesso com as garotas e está em um relacionamento do qual ele não quer que acabe nunca, mas acaba. O encontro clichê desses dois estereótipos poderia ser o resultado de mais uma série romântica que nos ensina a driblar as diferenças entre as pessoas sob a crença popular de que “os opostos se atraem”. Mas não.

MICKEYAo longo da série, e principalmente da segunda temporada, vemos o quanto esses estereótipos na verdade estão carregados de problemas e situações que passamos todos os dias em qualquer relacionamento. A carência que nunca é suprida, o apelo do álcool e das drogas para fugir de uma realidade que aprisiona, o como nos portamos quando conhecemos alguém novo e queremos fazer tudo diferente, passar a melhor imagem possível, a ansiedade para receber as mensagens. Tudo isso está na série, da forma mais próxima ao mundo real.

É engraçado ver que na primeira temporada grande parte do público detesta a personagem do Gus, que não tem nenhuma habilidade social e muito menos atitude para lidar com as situações da vida. O completo “trouxa” que não consegue ministrar uma aula particular para uma atriz adolescente. E como Mickey é a figura da mulher forte e decidida, em busca da sua liberdade sexual e dos prazeres da vida, sem pensar em grandes responsabilidades. Mais engraçado ainda é acompanhar como essas construções se desfazem ao longo dos episódios.

MICEY_GUS2Na segunda temporada é a vez de Mickey ser detestada pela parte do público que não entende as decisões que ela toma e espera ver um romance perfeito quando na verdade a série se trata de duas pessoas “ferradas” procurando a paz de espírito que elas não são capazes de encontrar nelas mesmas.

101 coisas em 1001 dias – mais um

sem-titulo3

Em 2012 eu me desafiei a participar do projeto 101 coisas em 1001 dias. Basicamente você deve criar uma lista com 101 aspirações reais e se comprometer em cumprir no prazo de 1001 dias. O prazo é tão longo que você começa super empolgado e depois esquece de tudo.

Eu estou sentindo necessidade de organizar meus projetos e decidi participar de mais um 101 em 1001. O projeto começa dia 1/10/2016 e termina em 29/6/2019. Esses são meus itens:

P E S S O A L

1. Fazer terapia
2. Fazer um trabalho voluntário
3. Morar sozinha
4. Cozinhar um prato diferente por mês durante um ano
5. Sair para fotografar uma vez por mês (durante 1 ano)
6. Fotografar com a Kodak
7. Revelar minhas fotos
8. Fazer leitura de mapa astral
9. Cultivar flores
10. Cultivar uma horta
11. Mudar radicalmente o cabelo
12. Fazer mais tatuagens
13. Fazer um piercing
14. Desenhar em todas as página da Moleskine
15. Organizar todo o meu guarda-roupa e vender o que não uso mais
16. Emagrecer até minhas calças de 2014 voltarem à servir
17. Passar por uma experiência vegetariana por um mês
18. Parar de fumar
19. Fazer um projeto fotográfico de 52 semanas
20. Aprender a andar de bicicleta
21. Descobrir 20 bandas novas
22. Participar de um BEDA
23. Fazer um roteiro turístico indicado pela Veja São Paulo
24. Passar uma semana sem acessar nenhuma rede social
25. Escrever 100 postagens no blog
26. Ir à uma pista de patinação
27. Deixar o cabelo da cor natural por um ano
28. Manter a lista de Comprei/Ganhei
29. Manter um diário pessoal
30. Ir à todas as festas no último ano da Cásper
31. Ir ao Juca no último na Cásper
32. Conhecer 15 restaurantes diferentes
33. Comer no restaurante da Família Manccini
34. Me cuidar mais
35. Ir ao boliche
36. Ir ao kart
37. Jogar paintball
38. Ir à um show no estádio
39. Ir à 5 festivais de música
40. Ficar sem reclamar de nada nem ninguém por um mês
41. Passar mais tempo com a minha irmã
42. Fazer um almoço/jantar para a minha mãe
43. Ficar um mês sem fazer hematomas
44. Passar o Ano Novo na praia
45. Me permitir mais
46. Acordar cedo, mesmo de final de semana, por 6 meses e tornar um hábito
47. Doar sangue
48. Ser colaboradora de um site/blog

V I A G E N S

49. Tirar meu passaporte
50. Viajar para outra cidade de São Paulo
51. Viajar para outro estado do Brasil
52. Viajar para algum país da América do Sul
53. Viajar para outro continente
54. Passar um tempo na casa do Renato
55. Visitar o túmulo da Clarice Lispector
56. Fazer uma viagem com minha mãe e minha irmã
57. Voar de balão

C U L T

58. Fazer um curso de idioma
59. Ler um livro em inglês
60. Ler sites de notícia diariamente durante a semana
61. Ler a revista Piauí
62. Completar a coleção de livros da Clarice Lispector pela editora Rocco
63. Ler toda a obra da Clarice Lispector
64. Visitar pelo menos 25 exposições diferentes
65. Assistir à 10 peças de teatro
66. Assistir à 25 filmes no cinema
67. Ler a série Harry Potter
68. Assistir à saga Harry Potter de novo
69. Assistir à saga Senhor dos Anéis
70. Assistir à saga Star Wars
71. Assistir aos filmes do Oscar 2016
72. Assistir aos filmes do Oscar 2017
73. Ler O Segundo Sexo
74. Aprender a editar vídeos no Premiere

F A C U L D A D E

75. Tirar 10 no TCC
76. Me dedicar ao TCC semanalmente até a qualificação
77. Me inscrever no Intercom 2017
78. Assistir à 5 bancas de TCC
79. Fazer algum curso depois da Faculdade

S A Ú D E

80. Me matricular em alguma luta
81. Correr meia maratona
82. Me exercitar 3 vezes por semana durante um ano
83. Ficar sem comer doces por um mês
84. Não tomar refrigerante até terminar o projeto
85. Ficar um mês sem tomar bebidas alcoólicas
86. Não comer FAST FOOD por um ano

C O M P R A S

87. Comprar uma bicicleta
88. Ficar sem gastar (tirando as contas) por um mês
89. Comprar um domínio para o blog
90. Comprar um oxford
91. Encher um cofrinho com moedas de um real
92. Ficar um ano sem comprar livros
93. Comprar uma nova lente para a minha câmera
94. Comprar uma nova case para a minha câmera
95. Comprar filme para a Kodak

V I R G I N I A N A

96. Organizar meu e-mail
97. Organizar meus docs do Google
98. Organizar meu computador (pessoal e trabalho)
99. Organizar o Pinterest
100. Fazer uma luminária geométrica para o meu quarto
101. ♥

Em andamento | Concluído | Cancelado

Eu esqueci de te contar

Eu esqueci de te contar, mas me mudei de novo. Para quem estava com medo de se mudar pela primeira vez, a segunda oportunidade veio de repente em uma madrugada e eu aceitei sem repensar. Agora divido um apartamento menor com mais duas amigas, continuo perto do metrô, faço diariamente uma viagem de 18 andares de elevador e realizei a grande conquista adulta de ter uma cama de casal (mas ainda ter poucas opções de roupa de cama).

Eu também esqueci de contar que meus dotes culinários melhoraram. Nada MasterChef, mas estou comendo mais proteínas do que atum em lata. Finalmente aprendi a fazer macarrão e ele não gruda mais, agora sei passar um café que, modéstia a parte, fica bem gostosinho, e meu tempero para o frango nunca decepcionou.

Eu não contei que já resolvi qual vai ser o formato e tema do meu TCC. 2017 será meu último ano na Faculdade, e para concluir o curso vou fazer uma monografia sobre os padrões estéticos femininos no telejornalismo, analisando o Jornal Nacional. Vai dar trabalho? Vai. É um formato que eu não estou acostumada a trabalhar? É. Eu já pensei em seguir carreira acadêmica? Não. Mas foi o que me deu vontade de fazer e vai ser isso.

Eu também deixo de contar, todos os dias, que eu sinto uma saudade enorme do jeitinho sistemático da minha mãe, das avoações da minha irmã, do carinho dos meus avós, e dos almoços em família, comer sozinha é muito chato.